E outra vez o crepúsculo...

Posted by Debbys On sexta-feira, 1 de maio de 2009 12 Insanidades
Hoje, no fim da minha aula de MS-DOS, fim do meu curso de Hardware, fiquei olhando pela janela da sala enquanto esperava que toda a turma terminasse o exercício. Era a hora do crepúsculo e percebi como a vista era bonita dali. Na mesma hora me lembrei de um trecho do livro Crepúsculo [sim, o dos vampiros] que falava desse momento. O crepúsculo, mais um dia chegando ao fim.

Digamos que não houve nada realmente de especial neste dia, até porque véspera de feriado é um caos: trânsito ruim, muita gente na rua, tempo abafado, sol rachando... Fora que era o último dia de curso, o que significava que eu tinha conseguido dar o passo final daquele momento pra começar outro. Me senti satisfeita e feliz por estar ali, mesmo querendo estar na minha cama dormindo. Claro que agora outra correria se inicia: pegar o certificado, marcar a prova de Windows, fazer a prova de Windows, pegar autorização, fazer a matrícula do curso de Montagem e Manuntenção pra mais 2 meses de estudos a tarde. Cansativo? Sim. Gratificante? Muito mais.

Quando estava indo embora o céu já estava todo preto e as pessoas se preparavam pra ir pra casa curtir um feriado. Eu passava por todos igual um foguete, doida pra chegar em casa, jogar a bolsa num canto, o all star no outro, tomar um banho bem gelado e depois ficar mofando na cama de tanta preguiça. Daí aconteceu. Eu vi uma moça na cadeira de rodas. Ela não tinha as duas pernas e também um dos braços. Mesmo assim, com a única mão, ela ía apertando o botão da cadeira e desviando de todos aqueles que não a viam ou simplesmente a ignoravam. A princípio tive pena, uma reação reflexo, acho, depois tive admiração por ela estar ali, vivendo, mostrando que ela apostou em si.

Comecei a andar mais devagar e apreciar [por incrível que parece] cada pontada de dor que dava nas minhas pernas, meus ombros pesados de tensão, minha mão cansada de digitar, minha vista turfa de tanto olhar pra tela preta... Cheguei em casa feliz e fui ajudar minha irmã na janta! xD

Bom feriado! Grande Abraço! ^^

12 Insanidades:

Patrícia Pirota disse...

Que lindo seu post, Debbys!
Parabéns pela força de vontade de sempre! E pela dedicação! Bem que podia ter mais gente como você espalhada por aí...

Nhá...Queria te uma irmã por perto pra ajudar a fazer janta...=)

Sobre o filme de terror. Não assisto nem amarrada! Nem por dinheiro! Nem por cachaça! É uma das coisas que risquei da minha lista há tempos...

Não sei se o amor vai chegar rapidinho...Um dia ele chega. Ou não. Até lá vou feliz comigo mesma...

Bjão procê!

thamy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
thamy disse...

Eu percebi que vc é a amiga perfeita,né?


O problema dos PNE é a pena que as pesssoas sentem, nós passamos a acreditar que a pessoa é incapaz e isso é o que desmotiva. Mas são iguais a nós, porém com muito mais vontade de viver.

ajudar a sua irmã na janta?

bjoequejo

Simple Me disse...

Cara, ARRASOU no post! Às vezes precisamos desses chacoalhões para acordar prá certas coisas na vida.
Fra isso, o crepúsculo sempre é ótimo de ser admirado...
Beijos e bom deriado!

Rebeca disse...

Seu post ta lindo!
Parabens mesmo!
Tocante e delicado =)
Beijos querida!

brúh. disse...

o crepúsculo é lindo! (o momento do dia, não o livro) todas aquelas manchas de cor... é a despedida do sol para aqueles que sabem aproveitar.
parabens pelo final do curso e boa sorte na nova etapa mas, um parabens ainda maior pela sua conscientização com uma coisa tão pequena que tantos ignoraram.
sério, arrasou ! husaihasuhasuiashuias
:*

disse...

Incrivel como as coisas que vemos na rua podem mudar nosso pensamento, pelo menos por um dia. É bom sentir vontade de aproveitar mais o dia! Gostei do post (:

Juh Lima disse...

Pois é, aquela moça na cadeira de rodas, estava mostrando que o importante é viver! É lindo ver a vontade de viver das pessoas! :D
Beijocas querida

Thaís A. disse...

Nossa, que medo :o hahaha

Fernanda Rodrigues disse...

Debbys! Sinceramente? Esse post mexeu comigo, me emocionou. Muito, muito, muito mesmo. Nossa, sem palavras.
Tem selo pra ti, viu? Selos, na verdade.
Beijo!

Irla Thamayca disse...

Nossa, amei seu blog. Seu post foi super tocante, fiquei aqui refletindo sobre a vida por alguns instantes! Amei mesmo ;* / http://casadepapel-.zip.net/

Nanda disse...

Eiii,adooreei teu blog!
E seuu posst,puttzz mexe com a gente mesmoo!
Muito bacanaa!

Beijo...vou te seguir e add nos meus favoritoos... ;)

Postar um comentário

Esse espaço é todinho de vocês!