... amém!

Posted by Debbys On sexta-feira, 18 de setembro de 2009 14 Insanidades
Hoje eu tive uma aula super interessante de embriologia animal. Não que eu goste da matéria [é muito complexo pra mim], muito menos de biologia, mas quando o professor falou de células-tronco e toda aquela polêmica sobre as pesquisas, eu simplesmente fiquei de boca aberta com os argumentos que ele tinha. E só pra me deixar ainda mais feliz eu tive uma idéia de post pra esse canto aqui.

Não vou falar com vocês de células-tronco, isso fica pra um outro dia e pra quando eu estiver mais "sabida" do tema. Eu não queria falar de religião, porque sei que é um tema um tanto polêmico e, normalmente, eu sei que minhas opiniões são meio radicais. Só que daí eu pensei: mas o blog é meu e tem justamente o propósito de mostrar minhas opiniões. Quem gostar, gostou, quem odiar, fecha, e quem tem opinião diferente mas mente aberta, se expresse nos comentários. Então, aqui vai um post quentinho pra vocês! ^^

Se alguém me perguntar de que religião eu sou vou dizer católica, mas católica totalmente não praticamente. Por que? Bom, se pra ser católica eu preciso ir na missa todo fim de semana, dar um dinheirinho pra igreja sempre que eles pedem e aceitar tudo que o padre fala de cabeça baixa, bom, então eu não sou mesmo uma praticante. Por mais que meu pai cobre e fale que vamos pouco na igreja, eu acho suficiente o que fazemos. Sempre que dá rezamos domingo a noite em família. Eu rezo antes de dormir, agradeço a Deus todos os dias por eu ter a minha vida, faço os atos de caridade que eu acho justos, e sim, às vezes eu vou na igreja só pra rezar e ficar lá olhando aquelas vitrais que tanto me fascinam. Um dia o Papa disse que, "quem defende qualquer tipo de aborto deve auto excluir-se da Igreja Católica". Eu defendo aborto em casos de estupro, assim como defendo o sexo com camisinha e pesquisas com célula tronco. Agora me digam, porque isso faz de mim menos cristã que outra pessoa?

Às vezes brinco que sou Luterana, porque pra mim, a fé basta, e você acreditar em Deus e seguir o bem é a maior forma de demonstrar isso. Porque preciso aceitar a morte de milhões de pessoa com AIDS see inventaram um meio de não contrair a doença? Porque preciso ver uma criança criar outra porque um monstro a violentou? Porque preciso ver pessoas morrendo de doenças se há uma pesquisa que pode salvá-las? Porque a Igreja pensa assim e ponto final? Oras, estou no século XXI, sou uma pessoa que estudou, sabe das bases da ciência e da religião, posso muito bem acreditar nos dois, não?

Há muito tempo religião virou sinônimo de guerra pra mim. E não falo só do catolicismo, mas de todas as religiões mesmo. Se um dia Deus descer aqui e me falar que penso errado e me excomungar, eu juro que aceito caladinha, mas enquanto essa for a palavra de um homem, desculpem, mas ele é tão importante e inteligente quanto eu, logo, das minhas crenças cuido euzinha aqui.

Grande Abraço!!! ^^

PS: gente, o blog não quer dar espaçamentos. Espero que esse post saia mais organizado. Alguém sabe o que está acontecendo? E aqui, não apareço esse fds porque tenho aula amanhã e domingo... Pois é né... mas semana que vem nos vemos de novo! Bom descanso! *-*

14 Insanidades:

. Cαroline Fαriαs ⋆ disse...

Tem um selo para você lá no blog!
beijos

jadeamorim.com disse...

Eu parei de acreditar no que a igreja prega a MUITO tempo. Acho ridiculo, de verdade.
Tem umas passagens bonitas e talz, mas esse radicalismo, essa ignorancia e idiotice eu não tolero! Mas não tolero mesmo!
Acho inutil, totalmente! É por isso que me afastei da igreja, to estressada com essa história , porque se você é bem estudada mesmo sabe que o maior assassino que existiu no mundo foi a igreja! E ai, em quem dá para acreditar e confiar?! =/


Beeeijos!

Charlotte disse...

E eu concordo com vc!
N em tudo obviamente, mas em grande parte. Eu sempre fui criada beem dentro da igreja.Pq minha mãe é católica como só ela é capaz de ser
rsrsrsrs
E agora tá me dando um trabalhão para criar meus próprios conceitos tipo o aborto,as células-tronco...essas coisas.Mas acho q tô dando conta do recado
Abração Flô
;*

cary. disse...

Eu sou catolica também, mas como ainda vou viver muuuito, tenho algumas opiniões formadas (que condizem ou não com a opinião da igreja) e outras não, simplesmente porque não vi os dois lados da moeda.
beijos giirl *: <33'

http://colunadacary.zip.net

Daninha disse...

Sou católica, vou a igraja todo domingo, participo das coisas e tals, só que sou a favor da camisinha, mas contra qualquer tipo de aborto.
Dae fico pensando, nossa será que isso faz de mim menos catolica?
Incrivel como ainda nao encontrei a resposta!
Mas ate agora essa é minha opiniao sobre tais assuntos.

Beijos

Thaís A. disse...

Nossa, quanta coisa! Sou católica também, mas há muuitas coisas nas quais eu não concordo :/
Embriologai animal, HÃ? HAHAHA

Erica Ferro disse...

Bom, concordo com quase tudo.
Deve ser difícil (e bota difícil nisso) não pensar em aborto num caso de estupro. Mas, quando não há risco de vida para gestante, acho que um acompanhamento psicólogico e toda conscientização de que o que está no ventre dela é um ser humano que não tem culpa alguma da forma que foi gerado e que quer ter a chance de viver. Se ela não quiser criar, certo, ninguém a obrigue, dê para adoção, deixe que essa criança possa ganhar pais que a amarão e a farão feliz. Por que matar um ser que não tem culpa do que lhe foi feito?
E nos outros casos, de gravidez indesejada, abomino o aborto por essas assassinas sem coração e que só pensam em si mesmas.
Sem querer ser radical e cruel, mas sabe o que eu desejo a pessoas que tentam o aborto por uma questão idiota e egoísta?
A morte, sim, que ela morra na hora que esteja fazendo o aborto.
Isso foi cruel de minha parte, né?
Mas, pense comigo, matar por uma razão banal que seja já é inaceitável, imagine matar sem razão alguma?
Aí é que é revoltante mesmo.

Ok, parei de devanear e de falar radicalismos, hehe.

Só uma coisa, falo das tuas palavras, as minhas:
"Se um dia Deus descer aqui e me falar que penso errado e me excomungar, eu juro que aceito caladinha, mas enquanto essa for a palavra de um homem, desculpem, mas ele é tão importante e inteligente quanto eu, logo, das minhas crenças cuido euzinha aqui.!

Beijo, Debbys!

Babih Xavier disse...

Eu penso seguinte:
sou critã, mas sou humana!
o povo tem que ter a conciencia que quem vai na
igreja naum é santo caraaa
eu sou a favor da concientização
puq msmo que o pastor ou padre proíba algo, a pessoa vai fazer o q ela kiser, então que faça direito, que naum corra risco de vida e saiba as conseqeuncias do que faz \o

conciencia acima de tudo

Marina disse...

Pois é viu, a religião separa os homens. :) da uma passadinha no meu Debbys :*

Thamy disse...

Eu não discuto religião, eu discuto apenas coisas relacionadas a palavras Dele...então não tomo parte em discurssões bestas como essas..é tão sem sentido né?

Acredite, existe mulheres assim! E elas são assim naturalmente sabe?

Deby disse...

Também sou católica e penso da mesma forma que você em relação a abortos, camisinha e pesquisas com células-tronco. Acho que qualquer forma de fé é para fazer-nos melhorar espiritualmente e como pessoa. Eu não acho que ir menos ou mais a igreja vai me fazer melhor ou pior que ninguém, mais valem minhas atitudes.
Agora, eu só acho que o papa fica falando esse tipo de coisas pra não ir abrindo a tolerância assim, pq vão abrindo, abrindo e daqui a pouco vira uma coisa muito escancarada sabe?! Não que eu pense assim, acho que eles pensam.
Bom, é isso. Beijão :*

Rebeca disse...

Eu nao acredito em algumas coisas que a igreja diz como 'coisas certas', tipo o sexo SEM camisinha. Defendo o COM camisinha sempre!
Agora, em relaçao a temas tipo aborto, eu sou chata mesmo e nao apoio em caso algum nao :)
Religiao é uma coisa bem engraçada ne? Cada um tem a sua e com uma visao totalmente diferente!

beijinhos querida!

Dani disse...

O conservadorismo da Igreja Católica só faz os fiéis se afastarem, principalmente jovens como nós, que vivemos numa realidade diferente da que eles pregam!

Beijos flor

*Lusinha* disse...

Vou me abster de comentar nesse post, Debbys.
Bjitos!

Postar um comentário

Esse espaço é todinho de vocês!