Poemas, infância e escolhas

Posted by Debbys On quarta-feira, 27 de abril de 2011 6 Insanidades
"Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse: Vai Carlo, ser gauche na vida."
                                                           (Poema de Sete Faces - Calor Drummond de Andrade)

Hoje, enquanto esperávamos ansiosamente pela apresentação de um trabalho, minha amiga leu esse poema pra mim. Ela estava com um livro de poemas e começou a ler alguns trechos, e esse era o que ela mais gostava. Daí eu comecei a lembrar de quando era mais nova e adorava poesia! Gostava de ler e de escrever. Fazia aquelas rimas bobas, totalmente sem nexo, mas que para mim eram obras primas.

Até o segundo ano do segundo grau eu tinha certeza que queria fazer jornalismo. Pensava em ser uma grande escritora, lançar livros, ser reconhecida por minhas palavras. Essa vontade, junto com o gosto pela leitura, me tornou uma das melhores alunas de português e redação. Escrevia adoidada e ficava orgulhosa com meus textos. Mas aí eu entrei no ensino médio e, um ano depois, no segundo ano, desisti. Simplesmente comecei a odiar português e, mesmo adorando escrever, não queria mais seguir esse rumo. Decidi pela computação. Afinal, eu amava escrever, mas amava muito mais os números da matemática e as leis da física. Não desgrudava do computador, e fazia mil planos para o futuro. Foi mais ou menos nessa época que comecei a criar blogs, que por um acaso não davam certo. Eu gostava mesmo era de fazer os layouts. Foi aí que comecei a me interessar por webdesign.

O tempo passou, me formei no colégio, fiz alguns anos de cursinho até rever meus conceitos e perceber que eu ainda estava apostando na escolha errada. Minha área não era a da computação, mas sim do design. E o resto da história vocês já conhecem... Hoje estou no terceiro período do curso de Design Gráfico.

Bom, mas o post não é para contar essa trajetória. Simplesmente foi algo que passou pela minha cabeça logo após ouvir esse trecho do poema da boca da minha colega. Acho que, nessas horas eu vejo que estou sim no curso certo, mesmo com os desafios, os trabalhos difíceis - tipo esse de hoje - os professores linha dura... Eu gosto de escrever, gosto de fuçar em máquinas, gosto de arquitetar ambientes, mas o que eu amo de verdade é poder transformar as coisas em imagens, passar a beleza de uma foto para as pessoas, combinar as cores, simbolizar as palavras... Eu amo escrever, e é o blog que me oferece suporte para não abandonar essa paixão, mas eu acho difícil eu me arrepender da escolha que fiz. Design é lindo, e é, com certeza, o meu futuro!

"Design Gráfico não é só um belo desenho. Design Gráfico é um belo desenho, com um sentido e uma tarefa a cumprir." (Chico Homem de Melo)

6 Insanidades:

Tânia T. disse...

Incrivel como mudamos de opinião com o tempo não é?

Lembro que no ensino fundamental queria administração.. rsrs' já quis ser até aeromoça (kkk)

Mas bom mesmo é quando temos certeza de estar fazendo a escolha certa.. de estar feliz com tal escolha!

Te desejo sucesso... escolheu uma profissão bonita! Admiro demais! xD

Bjuuu =*

Fernand's disse...

design gráfico é uma das minhas paixões, mesmo tendo feito outros cursos após duas faculdades de comunicação, sempre soube que meu caminho é ler e escrever mesmo... e o bom disso tudo é que é para todos, gente de qualquer área.

escreva sempre.
liberta. salva. alivia. humaniza.



bjsmeus

Débora Andrade disse...

Não há profissões que se encaixem ou não à escrita. Simplesmente porque tudo é literatura e as palavras, ah, as palavras fazem o mundo. Prossiga. O prazer além de seu, é nosso.

Beijos,
Débora Andrade.

Ana Martins disse...

Oiii.. tudo bem?
Com o passar do tempo, vamos gostando mais de algumas coisas e menos de outras. É assim a nossa vida. Que bom que se encontrou em uma profissão.
Beijos

Thaís A. disse...

É engraçado como a gente muda, né? Ontem estávamos tão convictos de uma escolha, mas amanhã vemos que não é bem isso que procurávamos. Comigo foi assim, sempre dizia que nunca prestaria medicina, que era uma loucura! e aqui estou eu, querendo ser uma psciquiatra! (pelo menos até agora rs)

Vanessa disse...

Desde novinha eu também ficava a escrever, adorava, fazer aquelas rimas é aqueles textos.
Gostava de ler, escrever, desenhar e pintar, eram as minhas paixões. Sonhava longe, eu queria ser cineasta ou escritora real de novelas, faziam planos miraboleantes de como eles seriam. Com o tempo fui crescendo e percebi que isto estava muito longe da minha relaidade. Então no primeiro ano do Ensino Medio conheci a biologia, eu que amava os animais, eu gostava de tudo relacionado a ciências e as pessoas, hoje estou cursando biologia e amanhã quero fazer veterinária. Escrever ainda continua sendo uma das minhas paixões, e dessa forma me completo a cada dia.

Postar um comentário

Esse espaço é todinho de vocês!