Carta para minha vizinha chata

Posted by Debbys On terça-feira, 14 de abril de 2009 4 Insanidades
Dona Fulana aí de baixo [pois não sei e nem pretendo saber o seu nome],

Desde que mudamos para esse apartamento, à cerca de 4 anos, a senhora só sabe reclamar e reclamar. Na primeira semana a reclamação foi sobre arrastação de móveis. Detalhe: na primeira semana só tínhamos colchões aqui dentro. Depois foi uma tal história de festas e bagunças de noite. Depois foram barulhos de saltos, barulhos de madrugada, etc etc.

Nesta casa moram 3 pessoas: um homem e duas mulheres. O homem é médico, trabalhador, viúvo, que todos os dias recebe em seus braços pessoas doentes, à beira da morte, e tem o deve de lutar contra uma força maior para tentar salvá-las. Uma das mulheres está na metade do curso de fonoaudiologia, cuidando de pacientes que não podem falar devido a doenças como câncer de cabeça e pescoço, paralisias e problemas na fala. A outra mulher é uma pré-vestibulanda, que está 3 anos tentando uma vaga em uma faculdade federal, futura técnica de informática.

Eu pergunto à senhora: visto o breve histórico dos habitantes desse apartamente logo a cima do seu, e partindo da certeza de que são pessoas trabalhadoras, honestas e que ficam o dia todo fora de casa, de onde surgem essas festas e barulhos dos quais você tanto reclama?

Se a senhora acha que fazendo uma carinha de velhinha bondosa para todo o prédio e nos abordando nos elevadores e dependências do prédio para mostrar suas garrinhas vai nos tirar daqui, saiba que os incomodados que se retirem. Se a senhora não pode suportar nenhum tipo de barulho, existem casas e asilos para acolher pessoas assim. Aliás, me tire uma dúvida: se a senhora não gosta de barulho, QUE DIABOS VOCÊ TÁ FAZENDO MORANDO NO CENTRO DA CIDADE? Você reclama com a prefeitura?? Vai mandar tirar o barulho dos carros, as buzinas, construções e bêbados que gostam de gritar de madrugada???

A senhora deveria, em primeiro lugar, procurar um médico. A senhora tem uma audição perfeita para alguém que "já é de idade" e que [finge] não enxerga o número do botão do elevador. Depois a senhora devia ir em um centro espírita. Sério!! Talvez esses barulhos sejam do além!!! Mas eu acho que o melhor que a senhora tem a fazer é arrumar uma boa trouxa de roupas pra lavar e parar de encher o saco de uma família que tem muitos problemas pra resolver e que não tem tempo a perder com vizinhos chatos e mentirosos!

E ao resto do prédio, parem de fofocar sobre a vida dos outros e arrumem algo pra fazer!!!!
Grata!

4 Insanidades:

Juh Lima disse...

Vizinhos são o cúmulo da chatice, mas sem dúvidas a sua, bateu todos os recordes. Que mulher chata. Tomara que ela leia sua carta e mude, né? Rs :D
Beijocas querida :*

Fernanda Rodrigues disse...

Post fajuto sim. Tem um texto (Brotou de um aborto) onde eu falo sobre esse tipo de texto, que não sai tão naturalmente quanto deveria. aushuas
Brigadão, Debbys! Sério mesmo!
Quanto a vizinha, sei bem o que é isso. A síndica daqui do prédio é super problemática e odeia minha mãe porque uma vez, quando a minha mãe administrava o prédio e a atual síndica não pagava o condomínio, minha mãe entrou com uma ação no nome do prédio.. Enfim, já viu a confusão, né? Um saco.
Beeijo!

Fernanda Rodrigues disse...

Eu acho que já disse isso umas 50 vezes, mas, de qualquer forma, brigada MESMO. De coração. :D

Pois é. Teve um dia que a síndica (quando ainda não era síndica) reclamou do nosso apartamento, dizendo que tava com o som muito alto. Detalhe: o pessoal tava dormindo. ¬¬

Beijo, Debbys :*

Dani disse...

Meu vizinho já subiu no meio da madrugada aqui no meu ap de pijama e com a cara amassada e reclamou que o barulho do chuveiro estava o encomodando.
DETALHE: ¹TODO MUNDO ESTAVA DORMINDO.
²E SE EU QUISESSE TOMAR BANHO AS 3 DA MANHÃ EU TENHO O DIREITO PORQUE ESTOU NA MINHA CASA!

HOIHAIOHAOIHAOIAHOIAHOIAHIOAHAIOHAIOHAOIHAOIHAOIHAOIAHOIAHAIOHAOIHAOIA

Se a gente não pode com o inimigo, a gente ri na cara dele! :)
Arruma um namoradão pra sua vizinha que ela sossega! :P

Bjs querida

Postar um comentário

Esse espaço é todinho de vocês!