Vida de Amélia - a volta

Posted by Debbys On sexta-feira, 16 de julho de 2010 10 Insanidades
Quem acompanha o blog desde o início, quando nem nome ele tinha, deve se lembrar que algumas vezes eu postei aqui sobre meu lado Amélia de ser. Pois bem, resolvi voltar com essa tag aqui pro blog, até porque ultimamente tenho feito muitas tarefas domésticas e compartilhar as histórias e quem sabe até as receitas com vocês me agrada.

Apesar de estar de férias fico meio por conta da casa. Já são 3 semanas fazendo almoço, indo em supermercado, ajeitando as coisas e aprendendo algumas guloseimas. Hoje vou falar de um assunto que, para muitas pessoas (especialmente meninas), é um terror: cozinhar.

Desde que eu era pequena fui aprendendo diversas coisas, como costura, tricô, bordado, crochê e todas essas coisinhas que as meninas não aprendem mais. Na minha infância isso já não era mais comum, mas mesmo pequena já tinha uma atração por coisas manuais e daí acabei por aprender. Cozinhar nunca foi nenhuma paixão, e vou admitir que comecei de verdade nesses últimos 4 anos. Já sabia fazer coisas básicas como café, fritar um ovo, esquentar a comida e enganar com um mexido. Hoje sempre elogiam minha comidinha e até consigo inventar alguns doces! Acho que cozinhar é um terapia! Claro que, quando não estou afim e preciso fazer comida é o fim, mas quando acordo afim de cozinhar, aí a coisa muda...

Conheço poucas amigas que cozinham. Algumas nem sabem acender o fogão. Percebi que tem gente que acha isso bonito, coisa moderna, da nova geração. Não concordo. Acho que todos deviam saber o básico da cozinha. É questão de necessidade! Você não precisa fazer o almoço todos os dias, mas precisa saber fazer sua própria comida. Eu adoro ser independente na hora da minha alimentação, não precisar de ir na barra da saia de ninguém falar que estou com fome. Muita gente tem um dom pra cozinha, mas isso não é desculpa pra não tentar. No início queimei muita coisa, papei arroz, cozinhei mal a carne, amarguei o café, mas tudo é questão de prática!

Então a minha dica é: aprendam! Quando sua mãe, avó, pai ou irmão estiverem cozinhando, fiquem perto, observem, peçam para aprender. Pesquisem receitas na internet, leiam algum caderno de receitas, vejam Ana Maria Braga (zueira!). Querem uma dica bacana? O site da Claúdia, o Feito a Mão, é cheio de receitas! Arrisquem algumas coisinhas! Depois venham aqui me digam como foi a experiência, se curtiram.

Topam? Pois bem, quem quiser levar o desafio a sério faça alguma receita, fácil ou difícil, tire uma foto e depois mande pra mim, o que acham? Faço questão de postar aqui o rosto das leitores e leitores que eu consegui trazer pro lado da culinária e ainda arrisco a receita aqui em casa viu? O prêmio é participar do Cotidiano e aprender algo novo na vida!

Grande Abraço!!! E bom apetite! =P

10 Insanidades:

Ana C. disse...

Adoro seus post sobre sua vida de Amélia!
Sobre cozinhar...vamo lá!
Não acho que eu seja muito boa na cozinha,não. Eu sei fazer algumas coisinhas e definitivamente sou melhor que mamãe, mas acho que não tenho AQUELE dom,sabe?
Até arrisco receitas novas e tal, e passar fome eu não passo. Mas sabe como é,né?
haha

;*

Deebs disse...

o meu lado amelia é completamente apagado..HAHAHA
beijso

Daninha disse...

A vida de Amélia ospaskopka adorei.
Beijos

Podolski disse...

Pra homem ainda é mais complicado sabe? Eu vi uma vez em um blog que o único prato que o homem sabe fazer é o churrasco. E mesmo assim, quem faz a farofa, vinagrete e tempera a carne é a mulher kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Posso dizer que sou um rapaz prendado. Sei fazer os pratos básicos. Ao menos minha esposa não morrerá de fome, rs.

Beeeijos

Marie Amorim disse...

Oh girl. Eu não sei cozinhar, mas tentarei fazer algo comestível e mando a foto.
Adorei a ideia.
beijão

Erica Ferro disse...

Adoooooraria ter esse dom que tu tens pra coisas manuais e esse gosto pela cozinha. Bom, gosto pela cozinha eu tento; quero dizer, curiosidade de aprender e tal, mas não me dedico muito. Acho que está na hora de começar a me dedicar ao que eu quero aprender.

Beijo, querida.

Thamy disse...

Eu adoro cozinhar e aprender coisas novas, mas não é todo dia que eu tô inspirada não

Hoje mesmo diz um nega maluca pela primeira vez, não cresceu, mas ficou gostoso.

GaB. disse...

Eu não gosto de cozinhar, mas me viro. Acho importante também.
Agora me deu vontade de aprender a fazer comidinhas gostosas. haha
----
Respondendo o comentário. A viagem é agora dia 25. E sim consegui o dinheiro :D
Beeijo

Sandra disse...

Nossas histórias, nossos contos. Escritores do coração..
ESTAMOS NESTA ALEGRIA DE PARTICIPAR. INTERAÇÃO DE AMIGOS na coletiva da palavras mil
.http://sandrarandrade7.blogspot.com
seu texto ficou super bom.Muitos histórias temos para contar...
Vamos compartilhar??
Um grande abraço,
Sandra
Será um prazer recebê-la na interação

Lusinha disse...

Acho que é obrigação de toda mulher saber cozinhar. Não querendo ser machista, mas acho que é o mínimo para sua própria sobrevivência. Assim como os homens também tem que saber fazer o mínimo para não ficar dependendo da mãe, mulher.
Aprendi a cozinhar mesmo com meu ex-namorado. Ele cozinhava muito bem e pude aprender várias coisas com ele.
Bjitos!

Postar um comentário

Esse espaço é todinho de vocês!